PSICOLOGIA HISTÓRICO CULTURAL

AFONSO, C.Q. Fica sem resposta o que os livros dizem...A mediação na perspectiva da pedagogia histórico-crítica. Campinas, Papirus, 1996.

BAKHTIN, M. Marxismo e Filosofia da Linguagem. São Paulo, Hucitec,1988.

BAQUERO,R. Vygotsky e a aprendizagem escolar. Porto Alegre, Artes Médicas, 1998.

BARBOSA, I.G. Psicologia Sócio-Histórica-Dialética e Pedagogia Sócio-Histórica-Dialética: Contribuições para o repensar das teorias pedagógicas e suas concepções de consciência. Goiânia, Dissertação de Mestrado, UFG, 1991.

BOCK, Ana Mercês B. Aventuras do Barão de Münchhausen na Psicologia. São Paulo, Cortez/Educ, Cortez,, 1999.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Introdução. Brasília, MEC/SEF, 1997.

CADERNOS CEDES Nº 24 – Pensamento e Linguagem – Estudos na perspectiva da Psicologia Soviética. Campinas, Cedes, 1991.
CADERNOS CEDES Nº 35 – Implicações pedagógicas do modelo histórico-cultural. Campinas, Cedes, 1995.

CASTORINA, J.A . et.al. Piaget – Vigotsky – Novas contribuições para o debate. São Paulo, Ática, 1996.

COLL, C. et. Al. Psicologia da Educação. Porto Alegre, Artes Médicas, 1999.

DANIELS, H. (org.) Vygotsky em foco: pressupostos e desdobramentos. Campinas, Papirus,1994.

DAVIS, C.;OLIVEIRA, Z. Psicologia na Educação. São Paulo, Cortez, 1990.

DAVÝDOV, V.V. Tipos de generalización en la enseñanza. Habana, Cuba, Editorial Pueblo y Educación, 1981.

DUARTE, Newton. Educação Escolar, teoria do cotidiano e a escola de Vigotski. Campinas, Autores Associados, 1996.

DUARTE, Newton. A individualidade para – si – Contribuição a uma teoria Histórico – Social da formação do indivíduo. Campinas, Autores Associados,1993.

DUARTE, Newton. Vigotski e o aprender a aprender. Crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria Vigotskiana. Campinas, Autores Associados, 2000.

FERREIRA, M.G. Psicologia Educacional – análise crítica. São Paulo, Cortez, 1986.

FREITAS, M.T. Vygotsky e Bakhtin – Psicologia e Educação: um intertexto. São Paulo, Ática,1994.

FREITAS, M.T. Narrativas de Professoras. Pesquisando leitura escrita numa perspectiva sócio-histórica. Rio de Janeiro, Ravil, 1998.

FREITAS, M.T. Vygotsky um século depois. (org.) Juiz de Fora (MG), EDUFJF, 1998.

FREITAS, M.T. O pensamento de Vygotsky e Bakhtin no Brasil. Campinas, Papirus, 1994.


GALPERIN, P.Ya. Introducción a la Psicologia. Habana, Cuba, Editorial Pueblo y Educación, s.d.

GARNIER,C.; BEDNARZ,N.; ULANOVSKAYA,I. (orgs.) Após Vygotsky e Piaget – Perspectivas social e construtivista – Escolas russa e ocidental. Porto Alegre, Artes Médicas, 1996.

GOLDER, M. Perspectivas Vigotskianas para la Educación. . In: Anais do 1º Congresso Internacional de Educação de Santa Catarina. Proposta Curricular Psicologia Histórico-Cultural. Secretaria de Educação e do Desporto. Florianópolis, Dezembro – 1996, p:127-132.

HENTZ, P. Os fundamentos Histórico-Culturais da Proposta Curricular de Santa Catarina. In: Anais do 1º Congresso Internacional de Educação de Santa Catarina. Proposta Curricular Psicologia Histórico-Cultural. Secretaria de Educação e do Desporto. Florianópolis, Dezembro – 1996, p:147-153.

HENTZ, P.;HERTER, M.L. A proposta curricular de Santa Catarina e a Psicologia Histórico-Cultural. In: Anais do 1º Congresso Internacional de Educação de Santa Catarina. Proposta Curricular Psicologia Histórico-Cultural. Secretaria de Educação e do Desporto. Florianópolis, Dezembro – 1996, p:1155-166.

HIEBSCH,H.;VORWERG,M. Introdução à Psicologia Social Marxista. Portugal, Novo Curso Editores, 1980.

LA TAILLE, Y.; OLIVEIRA, M.K.; DANTAS,H. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo, Summus, 1992.

LANE, S.; CODO, W. (orgs.) Psicologia Social – O homem em movimento. São Paulo, Brasiliense, 1985.

LANE, S. SAWAIA, B. (orgs) Novas Veredas da Psicologia Social. São Paulo, Brasiliense, 1995.

LAROCCA, Priscila. Psicologia na formação docente. Campinas, Alínea, 1999.

LARROSA, Jorge; LARA, Núria P.(orgs.) Imagens do outro. Petrópolis, Vozes, 1998.

LEITE, I. Emoções, sentimentos e afetos (uma reflexão sócio-histórica). Araraquara, JM Editora, 1999.

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do Psiquismo. Lisboa, Horizonte, 1978.
.
LURIA, A. R. Curso de Psicologia Geral. Rio de Janeiro, Civilização, 1979.04 vols.

LURIA, A. R. A construção da Mente.São Paulo, Ícone, 1992.

LURIA, A. R. Desenvolvimento Cognitivo. São Paulo, Ícone, 1990.

LURIA, A. R. Pensamento e Linguagem – As últimas conferências de Luria. Porto Alegre, Artes Médicas, 1986.

MARTINS, J.B.(org.) Na perspectiva de Vygotsky. São Paulo, Quebra Nozes; Londrina, CEFIL, 1999.

MOLL, L.C. Vygotsky and education – Instructional implications and applications of sociohistorical psychology. NY,USA, Cambridge University Press, 1990.

MOLL, Luis C. Vygotsky e a educação – Implicações pedagógicas da Psicologia Sócio-Histórica. Porto Alegre, Artes Médicas. 1996.

MOLON, S. I. A questão da Subjetividade e da constituição do sujeito nas reflexões de Vygotsky. São Paulo, Dissertação de Mestrado, PUC/SP, 1995.

MOYSÉS, L. Aplicações de Vygotsky à Educação Matemática. Campinas, Papirus,1997.

MUNNÉ,F. Psicologías sociales marginadas – La linea de Marx en la Psicología Social. Barcelona, Espanha, Editorial Hispano Europea, 1982.

NEWMAN, D.; GRIFFIN, P.; COLE, M. La zona de construcción del conocimiento: trabajando por un cambio cognitivo en educación. Madrid, Espanha, 1996.

OLIVEIRA, M.K. Vygotsky – Aprendizado e Desenvolvimento – Um processo sócio-histórico. São Paulo, Scipione,1997.

OLIVEIRA, M.K. Vygotsky: Alguns equívocos na interpretação de seu pensamento. In: Cadernos de Pesquisa nº 81, São Paulo, FCC, 1992, p.67-69.

PALANGANA, I. C. Desenvolvimento e Aprendizagem em Piaget e Vygotsky ( a relevância do social). São Paulo, Plexus, 1994.

PINO, A . A Psicologia Concreta de Vigotski: implicações para a Educação. Trabalho encomendado Grupo de Psicologia da Educação. 22ª Reunião Anual da Anped, 1999.(CD)

RATNER, Carl. A Psicologia Sócio-Histórica de Vygotsky – Aplicações contemporâneas. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.

REGO, T.C. Vygotsky – Uma perspectiva histórico-cultural da Educação. Petrópolis, Vozes, 1999.

RIVIERE, A. La Psicología de Vygotski. Espanha, Visor, s.d.

RUBINSTEIN, S. L. Princípios de Psicologia Geral. Lisboa, Estampa, 1972. 07 vols.

SHUARE, M. La Psicologia Soviética tal como yo la veo. Moscou, Progresso, 1990.

SIGUAN, M. La psicología Vygotskiana y la adquisición de segundas lenguas. In: Anais do 1º Congresso Internacional de Educação de Santa Catarina. Proposta Curricular Psicologia Histórico-Cultural. Secretaria de Educação e do Desporto. Florianópolis, Dezembro – 1996, p:109-124.

SIGUAN, M. et. al. Actualidad de Lev.S. Vigotski. Barcelona, Editorial Anthropos, 1987.

SMOLKA, A . L. (org.) Centenário de nascimento de Piaget, Freinet, Vygotskye Jakobson. Campinas, FE/UNICAMP, 1998.

SMOLKA, A . L; Góes,C. A linguagem e o outro no espaço escolar: Vygotsky e a construção do conhecimento. Campinas, Papirus, 1993.

SOUZA, S.J. Infância e Linguagem: Bakhtin, Vygotsky e Benjamin. Campinas, Papirus, 1994.

VAN DER VEER, E,; VALSINER, J. Vygotsky – Uma síntese. São Paulo, Unimarco, Loyola, 1996.

VASCONCELLOS, V.M.R.;VALSINER,J. Perspectiva Co-Construtivista na Psicologia e na Educação. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.

VYGOTSKI, L.S. A formação Social da Mente. São Paulo, Martins Fontes, 1984.

VYGOTSKI, L.S. Obras Escogidas. Madri, Espanha, Visor, 1995. 6 vols.

VYGOTSKI, L.S. Pensamento e Linguagem. São Paulo, Martins Fontes, 1987.

VYGOTSKI, L.S.; LURIA, A . R. Estudos sobre a história do comportamento – Símios, homem primitivo e criança. Porto Alegre, Artes Médicas, 1996.

VYGOTSKI, L.S.; LURIA, A . R.; LEONTIEV, A . N. e outros. Psicologia e Pedagogia I e II. Lisboa, Estampa, 1977.

VYGOTSKI, L.S.; LURIA, A . R.; LEONTIEV, A . N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo, Ícone, 1988.

VYGOTSKI, L.S. Teoria e Método em Psicologia. São Paulo, Martins Fontes, 1996.

VYGOTSKI, L.S. A tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca. São Paulo, Martins Fontes, 1999.

VYGOTSKI, L.S. O desenvolvimento psicológico na infância. São Paulo, Martins Fontes,1998.

VYGOTSKI, L.S. Psicologia da Arte. São Paulo, Martins Fontes, 1998.

WERTSCH, J. Vygotsky e la formación social de la mente. Barcelona, Espanha, Piados, 1985.

ZANELLA, A .V. Zona de desenvolvimento proximal. São Paulo, Dissertação de Mestrado, PUC/SP, 1992.

ZIELAK, O . W. A alfabetização como construção e processo social. – No construtivismo e nos psicólogos soviéticos.Tatuí – SP, Casa Publicadora Brasileira,1993.